https://radiomixlimeira.com.br/feed/

Sem subsídio, Sancetur anuncia que terá que suspender serviço de transporte

A Sancetur – empresa que opera em caráter emergencial no transporte coletivo de Limeira – remeteu nesta quarta-feira (9) ofício dirigido ao prefeito Mario Botion em que informa que irá suspender o serviço público de transporte coletivo na cidade. Segundo a empresa, a medida será tomada diante do eventual fato de a Prefeitura deixar de subsidiar de forma adicional o serviço, conforme a lei municipal 6.398/20.
Para pagar o subsídio à empresa, a Prefeitura remeteu há algumas semanas à Câmara Municipal projeto que aloca e transfere recursos no orçamento para legalizar os repasses. O projeto, porém, não foi votado, pois aguarda parecer em uma das comissões do Legislativo. Medida para que a proposta fosse votada em regime de urgência especial foi rejeitada pelos vereadores, em sessão ocorrida na última segunda-feira.
No ofício, a empresa argumenta que é “impossível” continuar operando sem o repasse do subsídio adicional. A Sancetur cita ainda que não é desejo dela suspender a operação de transporte coletivo, mas sim continuar prestando um serviço de qualidade.
A empresa pede que o município se mantenha ciente da importância do transporte público para a população e continue fazendo os aportes financeiros necessários para que ela possa arcar com os custos do sistema.
Ao longo do ofício, a Sancetur relata as perdas que vem tendo com a operação devido à pandemia e a diminuição do número de passageiros – isso decorrente das suspensão de atividades econômicas durante quase um ano e meio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.