https://radiomixlimeira.com.br/feed/

Piracicaba confirma primeiro caso de H3N2; nº de atendimentos em UPAs sobe 80% em 4 dias

A nova cepa Darwin (H3N2) já atinge diversos estados brasileiros — Foto: Reprodução.

A Secretaria de Saúde de Piracicaba informou nesta terça-feira (28) que confirmou o primeiro caso da cepa H3N2 da Influenza A no município. Além disso, nos últimos quatro dias, subiu 80% o número de atendimentos a pessoas com sintomas gripais nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da cidade.

Segundo dados da Vigilância Epidemiológica, entre os meses de outubro e dezembro (até a manhã desta terça), foram notificados 22 casos de suspeita de Influenza no município – sendo dois casos em outubro; dois em novembro; e 18 em dezembro.

Deste total de 22, três casos foram confirmados para Influenza (A e B) e um caso confirmado para H3N2 – a paciente é uma mulher, de 31 anos, que já evoluiu para cura, segundo a Saúde. Outros seis casos suspeitos já foram descartados e 12 ainda seguem sob investigação.

Com a confirmação, a orientação da Saúde é de que os moradores mantenham as medidas de prevenção contra a transmissão do vírus, que incluem o distanciamento entre as pessoas, uso de máscaras e higienização das mãos com frequência.

LIMEIRA

Em Limeira, a Secretaria de Saúde informa que não há casos confirmados de H3N2 e de H1N1. Por determinação do prefeito Mario Botion, a pasta convocou para hoje (29) uma reunião com representes dos hospitais de Limeira para discutir os casos registrados em outras cidades, bem como a situação no município.

A pasta reforça, contudo, que não há surto confirmado de H3N2 ou H1N1 na cidade e que a população deve continuar seguindo os protocolos sanitários contra a Covid-19 que também protegem contra a influenza e suas variantes.


*Com informações de G1 e Prefeitura de Limeira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.