https://radiomixlimeira.com.br/feed/

Percentual de alta em casos e óbitos da Covid-19 na região de Piracicaba é maior que na Grande SP


Dados do Estado apontam que as cidades do Departamento Regional de Saúde de Piracicaba tiveram aumento de 99% de casos entre 1 e 14 de junho; no mesmo período, óbitos cresceram 73%. Coronavírus Sars-Cov-2 em imagem de microscópio eletrônico
NIAID-RML/Handout via Reuters
O percentual de aumento de casos e óbitos pelo novo coronavírus na região de Piracicaba (SP) é maior do que o da Grande São Paulo em junho, segundo o Governo do Estado
O aumento de casos foi de 38% nas cidades do Departamento Regional de Saúde (DRS) de Piracicaba. Já na Grande São Paulo Norte, foi de 22%.
De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Regional do estado, Marco Vinholi, a tendência dos últimos dias foi de aumento da pandemia no interior. Durante coletiva de imprensa nesta terça-feira (16), ele citou os dados das cidades do DRS de Piracicaba.
O secretário estadual de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi
Divulgação/Governo de São Paulo
“[…] Em Piracicaba 38% [de aumento] no número de casos, enquanto na região Grande São Paulo Norte 22%. [O aumento foi de] 17% no número de óbitos na região da Grande São Paulo Norte, enquanto nós temos na região de Piracicaba 27% de crescimento do número de óbitos”, disse.
O DRS de Piracicaba inclui 26 cidades: Águas de São Pedro, Analândia, Araras, Capivari, Charqueada, Conchal, Cordeirópolis, Corumbataí, Elias Fausto, Engenheiro Coelho, Ipeúna, Iracemápolis, Itirapina, Leme, Limeira, Mombuca, Piracicaba, Pirassununga, Rafard, Rio Claro, Rio das Pedras, Saltinho, Santa Cruz da Conceição, Santa Gertrudes, Santa Maria da Serra e São Pedro.
De acordo com o Governo Estadual, em 14 de abril o interior tinha 10,75% dos casos registrados em todo o estado; em 14 de maio, o índice era de 18,96%; em 1º de junho, foi a 22,84%; e em 14 de junho chegou a 27,02%.
Já sobre as mortes, em 14 de abril o interior registrava 11,22% dos registros em São Paulo; em 14 de maio, o índice era de 14,35%; em 1º de junho foi a 16,41%; e em 14 de junho atingiu 18,72%.
Duas semanas
Nas duas primeiras semanas de junho, entre 1º a 14, o DRS de Piracicaba registrou um crescimento de casos e óbitos por Covid-19 maior do que o percentual de aumento em todo o estado. O crescimento no período foi de 99% do número de casos confirmados. Os óbitos aumentaram 73% no período.
Em todo o estado, o aumento de casos foi de 60%. Já os óbitos cresceram em 39%.
Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba