https://radiomixlimeira.com.br/feed/

Homem é acusado de agredir a esposa após suposto flagrante de traição, na Vila Piza

Um homem de 41 anos foi detido, nesta terça-feira (12), em Limeira, sob acusação de ter agredido a própria esposa, também de 41 anos, na residência do casal, na Vila Piza. A situação envolveria um flagrante de traição, segundo o homem apontado como agressor. Ele terminou liberado após o pagamento de fiança.

Agentes da Guarda Civil Municipal (GCM) foram acionados até o endereço após a confusão. A mulher foi encontrada no local com sangramentos na boca e, segundo o registro da ocorrência, atribuiu a situação a uma agressão que havia sofrido do marido. Ela relatou que o marido teria puxado seus cabelos e a jogado ao chão durante a discussão.

No entanto, a versão dos fatos apresentada pelo homem foi diferente. Ele alegou ter discutido com a esposa após tê-la encontrado com um amante dentro da residência, durante a madrugada, no intervalo de seu turno de trabalho em um hospital. Segundo o relato, a esposa teria dito que se tratava de um amigo dela, com quem ela estaria conversando, e não um amante. O marido, então, teria discutido com ambos e depois retornado ao hospital para concluir o expediente de plantão noturno.

Na manhã subsequente, ao retornar à residência, o homem teria discutido novamente com a esposa devido ao ocorrido.

À GCM, o homem negou ter agredido a vítima. Ele disse que ela teria começado a gritar durante uma conversa sobre o caso e que ele teria “segurado a boca” dela “para que ela não fizesse escândalo” (sic).

Segundo a versão do marido, o sangramento verificado pelos agentes na região da boca da vítima teria ocorrido porque ela possui prótese dentária que sangra com frequência.

O homem foi detido e recebeu voz de prisão em flagrante por violência doméstica envolvendo lesão corporal. Ele terminou liberado após pagar fiança arbitrada em R$ 1,1 mil (valor do salário mínimo vigente) pelo delegado de plantão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.