Conmebol confirma Beira-Rio e Morumbi na disputa para final da Libertadores entre 2021 e 2023

A Conmebol confirmou nesta sexta-feira a retomada das inspeções para a escolha dos estádios das finais da Copa Libertadores e da Copa Sul-Americana, agora disputadas em jogo único, entre os anos de 2021 e 2023. Segundo a entidade, Beira-Rio, Morumbi, Castelão, Fonte-Nova, Mané Garrincha e Arena Pernambuco estão na disputa.

Em maio de 2020, a Conmebol divulgou uma lista com nove estádio brasileiros na briga pela decisão, mas a atualização feita nesta semana retirou a Arena da Baixada, o Maracanã e a Neo Química Arena. Os estádios de Athletico-PR e Corinthians estavam na disputa pela decisão da Libertadores, enquanto o palco carioca desejava receber a Sul-Americana.

Para a final da Libertadores de 2021, sete estádios da Argentina, dois do Brasil e um do Equador pleiteiam o jogo. De acordo com o jornal “Olé”, a Conmebol estuda a possibilidade da decisão ser realizada na La Bombonera, estádio do Boca Juniors, em homenagem a Diego Maradona.

Já a final da Sul-Americana deste ano tem nove palcos na disputa: seis da Argentina e três do Brasil. Mané Garrincha, Castelão e Arena Pernambuco estão na briga, enquanto a Arena Fonte-Nova só concorre os anos de 2022 e 2023.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *