https://radiomixlimeira.com.br/feed/

Após testar 4% da população para Covid-19, Cordeirópolis é escolhida para teste da USP e Fiocruz


Cidade vai participar de duas pesquisas científicas para teste de medicamentos e protocolos de tratamento do coronavírus, segundo o prefeito. Agente da Defesa Civil mede temperatura de morador, em Cordeirópolis
Divulgação/ Prefeitura de Cordeirópolis
A Prefeitura de Cordeirópolis (SP) anunciou que foi escolhida pela Universidade de São Paulo (USP) e pela Fiocruz para participar de duas pesquisas científicas para teste de medicamentos e protocolos de tratamento do coronavírus.
A informação foi divulgada pelo prefeito Adinan Ortolan (MDB) em rede social. De acordo com o chefe do Executivo, a escolha levou em consideração o fato do governo municipal estar realizando testes de pessoas com sintomas leves e testando todos os comunicantes (quem procura atendimento com sintomas suspeitos).
Ele ressaltou que, por razões de protocolo de pesquisa, somente os participantes e pesquisadores estão cientes dos detalhes da pesquisa, que não pode ser divulgada nesta fase.
Mas observou que os trabalhos têm autorização da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep). “Mas é motivo de orgulho uma cidade de pequeno porte ser escolhida, juntamente com poucos hospitais de ponta no Brasil para participarem do progresso da medicina”, acrescentou.
Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19
Testagem
De acordo com dados da prefeitura, até o momento foram testadas 1 mil pessoas, o que representam 4% dos 24,5 mil habitantes do município, de acordo com a última projeção feita pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), de 2019.
A nível de comparação com cidades maiores da região, Limeira anunciou na última semana que já realizou 5 mil testes, o que representa 1,6% dos 306,1 habitantes, segundo projeção populacional de 2019.
Já Piracicaba informou em maio que a Justiça obrigou que um fornecedor entregasse 10 mil testes, o que cobriria uma faixa de 2,5% dos 404,1 habitantes. O governo municipal ainda não divulgou, no entanto, se os kits foram recebidos ou utilizados.
Câmera de monitoramento em Cordeirópolis
Vanderlei Duarte/ EPTV
Monitoramento por câmeras
Em maio, a Guarda Civil Municipal da cidade informou que passou a monitorar as pessoas diagnosticadas ou com suspeita de Covid-19 por meio do sistema de videomonitoramento da cidade, para evitar que elas descumpram o isolamento social.
A ação envolve rastreamento da circulação de carros em nome de pessoas que testaram positivo. Até 21 de maio, 32 pessoas eram monitoradas e quatro que deviam estar isoladas foram flagradas no supermercado e no banco.
Um especialista consultado na ocasião pela EPTV, afiliada da TV Globo, no entanto, avaliou que a ação é ilegal se não tiver autorização legal.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba