https://radiomixlimeira.com.br/feed/

Após se aproximar de ocupação total de UTI, Limeira anuncia 18 leitos para casos de Covid-19


Segundo governo municipal, entrega deve ocorrer em ‘pouco mais de uma semana’. Com isso, capacidade do setor intensivo da URC vai subir de 55 para 73 vagas. Reforma da Unidade de Referência Coronavírus, em Limeira
Divulgação/ Prefeitura de Limeira
Após a Unidade de Referência Coronavírus (URC) de Limeira (SP) chegar a 89,1% de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), na última semana, a prefeitura anunciou a criação de 18 novos leitos com esta complexidade. A previsão de entrega é “de pouco mais de uma semana”, segundo o governo municipal.
Segundo a prefeitura, toda a área que até então se destinava à UTI do hospital Humanitária será incorporada pela URC.
O número de leitos de UTI passará dos atuais 22, para 31, todos com respiradores. Já os leitos de enfermaria aumentarão, de 33 para 42. A URC contará com 18 leitos novos, sendo que a capacidade de internação subirá de 55 para 73 leitos.
A medida foi adotada em razão do aumento do número de novos registros da doença no município, que na última semana também anunciou regressão no plano de retomada econômica, o que prevê novo fechamento do comércio não essencial.
Humanitária
Ainda conforme a administração, todos os atendimentos no Pronto Atendimento da Humanitária serão voltados exclusivamente aos pacientes de Covid-19. E o hospital passa a ser o serviço de referência para coronavírus.
Casos relacionados a outras enfermidades serão absorvidos pelas unidades de Pronto Atendimento (PA) do município, são elas: PA Aeroporto, PA Parque Hipólito, PA Infantil (conhecido como Hospital da Criança), UPA Abílio Pedro e PA da Santa Casa.
Os serviços de pediatria, de ginecologia/obstetrícia e de psiquiatria que eram oferecidos pelo PA da Humanitária serão remanejados para a UPA Abílio Pedro, localizada na Rua Waldemar Panaro, 500. Frente a essa nova demanda, as especialidades serão disponibilizadas 24 horas na UPA. Demais unidades de Pronto Atendimento seguirão normalmente a rotina de funcionamento.
Entenda algumas das expressões mais usadas na pandemia do covid-19
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba