https://radiomixlimeira.com.br/feed/

Após registrar 4ª morte, asilo em Piracicaba recebe projeto com testes mais precisos de Covid-19


Residencial Bem Viver registrou morte de idosa de 86 anos por coronavírus no fim de semana. Projeto inédito faz testes para identificar casos na instituição e planejar medidas contra vírus. Lar de idosos de Piracicaba tem mais um morte confirmada de Covid-19
A Secretaria de Saúde de Piracicaba (SP), junto com um projeto do Rotary Club, começou a fazer testes mais precisos de Covid-19 em funcionários e idosos do Residencial Bem Viver. A instituição teve a quarta morte de residentes no fim de semana por causa da doença.
O asilo é o segundo de Piracicaba a registrar um surto de coronavírus. Já são 16 casos confirmados da doença, entre residentes e funcionários, e desses, quatro pacientes morreram.
Com isso, a instituição foi incluída em um projeto inédito do Rotary que faz testes mais precisos, de resultado rápido, para identificar os casos de coronavírus. A Saúde, então, pode planejar ações mais eficientes para conter a disseminação da doença.
Residencial Bem Viver em Piracicaba recebe projeto que faz testes mais precisos de Covid-19
Edijan Del Santo/EPTV
Durante a manhã desta segunda-feira (11), equipes da Saúde municipal e do Rotary estiveram na instituição fazendo a coleta de material para exames. Pelo menos 31 pessoas vão fazer os testes de Covid-19, segundo o Rotary.
“A Saúde está apoiando. Todos os idosos e todos os colaboradores serão testados. Nós vamos encaminhar no início da tarde [o material] para o Instituto Fleury, e em até 48h tem os resultados”, explica Tiago de Souza Nogueira, presidente do Rotary na cidade.
O Residencial Bem Viver é a segunda instituição em Piracicaba a receber o projeto do Rotary. A primeira foi o Lar Betel, que também teve um surto da doença e registrou oito mortes por Covid-19. O asilo foi o primeiro do Brasil a receber o projeto.
“Esse programa do Rotary é do Brasil todo. Então toda a nossa região pode entrar em contato com algum Clube Rotary da própria cidade, que esse Rotary vai fazer o cadastro dessa instituição e enviar para o Rotary Brasil pra que possa participar deste programa”, explica Danielle Pupin Ferreira, presidente da Associação das Famílias de Rotarianos de Piracicaba.
Residencial Bem Viver é segundo asilo de Piracicaba a registrar mortes de idosos por Covid-19
Reprodução/EPTV
Nogueira explica ainda que os testes feitos pelo projeto são mais precisos para identificar casos de Covid-19. “Eles são chamados teste PCR, que ao invés de testar os anticorpos, ele testa exatamente a existência do vírus no organismo humano. Então a precisão dele é exata.”
Surto de Covid-19
Na última atualização, o Residencial Bem Viver tinha 16 pessoas com a Covid-19, 11 idosos e 5 funcionários, e já tinha registrado três mortes pela doença:
Mulher de 80 anos, que morreu no domingo (3);
Mulher de 85 anos, que morreu na segunda (4);
Homem de 92 anos, que morreu na quinta (7).
Familiares de residentes acusaram a instituição de não comunicar as famílias sobre o registro dos primeiros casos suspeitos, o que fez com que houvessem muitas confirmações da doença.
Dois idosos que estavam no asilo ainda estão internados com confirmação de Covid-19, na Santa Casa e no Hospital Unimed de Piracicaba.
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Piracicaba