Atlético-GO consegue recurso na CBF para escalar jogadores que testaram positivo para Covid-19

Gleyder complementou dizendo que o caso tomou grande proporção por conta da divulgação precoce. A informação dos quatro casos positivos veio a público por meio do secretário-geral da CBF, Walter Feldman, durante entrevista à Fox Sports. Segundo o médico rubro-negro, antes mesmo de o clube ter sido notificado.

– Houve uma interpretação errônea divulgada na mídia. Mas já existia uma preocupação minha em relação a esses jogadores, então eu estava preparado. Eu já tinha montado todo meu recurso caso isso ocorresse, antes de ter os resultados em mãos. Apenas enviei à comissão médica.

O médico revela, no entanto, que ainda aguarda na manhã desta quarta-feira dois dos 23 exames realizados pelo Atlético-GO no domingo. O clube já recebeu 21 resultados, fora o do técnico Vagner Mancini.

A partida

Atlético-GO e Flamengo se enfrentam nesta quarta, às 20h30, pela segunda rodada do Brasileirão. Para o Dragão, porém, será a estreia, já que o duelo contra o Corinthians, finalista do Paulistão, foi adiado.

A delegação do Flamengo deixou o Rio de Janeiro nesta terça e já se encontra em Goiânia. O clube não apresentou casos de Covid-19 nos testes feitos com o elenco e deverá ter força máxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *